Muitos dentistas investem em estratégias para captar e atrair mais pacientes e acabam se esquecendo da importância de fidelizar os que já possui. E, sem esse cuidado, é possível que o seu consultório tenha dificuldades para manter o caixa.

Se você ainda não tem nenhum programa para fidelizar o paciente na odontologia, veja as dicas importantes que trouxemos!

Qual a importância de fidelizar o paciente na odontologia?

A fidelização é uma meta para empresas de vários setores e não deveria ser diferente com os serviços de saúde. Existem muitos estudos que mostram que é muito mais caro investir em propagandas e marketing para atrair novos pacientes, do que em programas para manter os que você já possui.

Além disso, quando um paciente é fiel à sua marca, ele dificilmente trocará os seus serviços porque a concorrência está fazendo uma promoção, por exemplo. O cliente fiel ainda é amigo da sua clínica e ajuda no seu crescimento, indicando os seus serviços para outras pessoas e atestando a sua qualidade.

Por tudo isso, é essencial para uma clínica odontológica trabalhar com pacientes fiéis.

Como fidelizar meus pacientes?

Apesar de extremamente importante, nem todos os dentistas possuem programas e ações exclusivas voltadas à fidelização de pacientes. Muitos acreditam que prestar um bom serviço basta para que as pessoas continuem retornando, e isso nem sempre é verdade.

Uma pesquisa realizada em 2008 pelo Ministério da Saúde e o Observatório de RH em Odontologia mostrou que existem outros motivos que levam às pessoas a retornarem às clínicas, citados por ordem de importância:

  • atendimento da equipe de suporte;
  • contato pessoal e periódico;
  • preço justo;
  • qualidade dos tratamentos;
  • satisfação com a decoração e o ambiente;
  • indicação de amigos.

Por isso, é fundamental que o dentista esteja atento a outros pontos além do seu atendimento clínico, garantindo a satisfação dos seus pacientes. Veja algumas dicas que separamos.

Qualifique seus colaboradores

O bom atendimento é indispensável para que os seus pacientes sintam-se acolhidos e bem tratados. Mas isso não está relacionado apenas aos serviços odontológicos que você presta. Investir em qualificar seus colaboradores é uma ótima maneira de se destacar.

Treine seus recepcionistas para que eles sejam simpáticos e atenciosos, saibam explicar os serviços que você oferece e sejam cordiais com todos os seus pacientes.

O pós-consulta também é um diferencial. Você mesmo, ou algum dos seus colaboradores, poderá ligar para o paciente depois de um tratamento, buscando saber como está a recuperação, se ele tem alguma dúvida sobre o que foi orientado ou lembrando das consultas futuras.

Crie uma política de descontos

A propaganda boca a boca ainda é uma maneira eficiente de melhorar a atratividade das clínicas odontológicas e você poderá favorecer essa ação. Por exemplo, criando planos e políticas de descontos para aqueles pacientes que indicam os seus serviços a outras pessoas.

Além dos descontos, é possível oferecer outros benefícios, como tratamentos grátis, brindes, entre outras ações que tenham relação com o seu público.

Seja pontual

Não tem nada pior do que agendar uma consulta e o profissional atrasar muito, complicando a agenda do paciente. Infelizmente, essa ainda é uma situação que costuma acontecer em muitas clínicas. Mostre que você respeita o seu paciente e o horário dele, evitando os atrasos.

Caso um imprevisto aconteça e você note que atrasará os atendimentos, peça para a secretária contatar todos os agendados e informe sobre o ocorrido, dando a oportunidade de essas pessoas remarcarem suas consultas caso prefiram.

Pense também em uma política para evitar atrasos, por exemplo, estipulando um prazo máximo para que um paciente possa se atrasar. Assim, você impede que essa seja uma prática recorrente. É claro que imprevistos acontecem, mas sempre informe a necessidade de aviso do paciente nessas situações.

Personalize os seus serviços

Todo dentista consegue identificar quem são as pessoas que formam o seu público – e também quais tipos de serviços elas mais procuram. Busque compreender mais a fundo essas pessoas, entendendo a faixa etária, o nível de escolaridade, a renda, entre outros pontos.

Assim, você poderá pensar em serviços cada vez mais personalizados e exclusivos, que atendam prontamente as necessidades da sua demanda, aumentando o nível de satisfação e também de fidelização.

Vamos supor que a sua clientela seja, majoritariamente, formada por pessoas que trabalham fora ou que têm uma rotina corrida. Nesse caso, oferecer horários alternativos (fora do comercial) pode facilitar a vida desses pacientes, aumentando o nível de satisfação – e fazendo com que eles prefiram se tratar com você, que entende as suas necessidades, do que com a concorrência.

Cuide da sua marca

É preciso fortalecer a sua marca, aumentando o nível de confiança das pessoas no seu serviço. Além de investir em propagandas off-line e online, lembre-se também da aparência do seu consultório.

Uma boa identidade visual é excelente para ajudar a transparecer os seus diferenciais e a fortalecer o vínculo com o seu serviço. Assim, é fundamental que as cores do seu consultório e todas as suas comunicações mantenham um padrão, atestando o seu nível de profissionalismo.

Na hora de mobiliar e decorar o consultório, pense no conforto dos seus pacientes, adequando a temperatura, usando móveis confortáveis, cuidando da limpeza e oferecendo outros itens, como água, café e Wi-Fi.

E, então, com essas dicas, ficou mais fácil pensar em maneiras de fidelizar o paciente na odontologia? Se você gostou das nossas dicas, aproveite e compartilhe este post nas suas redes sociais!