Quem está montando o primeiro consultório, sempre tem algumas ressalvas. E uma delas é sobre a captação dos pacientes, já que, sem experiência no mercado, isso pode ser um verdadeiro desafio.

Para lhe ajudar, reunimos algumas dicas para dentistas iniciantes que certamente aumentarão o fluxo de pessoas no seu consultório. Confira!

Entenda quem é o seu público-alvo

Pense nos serviços que você oferecerá e quem será o seu principal público-alvo. Definir quem forma esse grupo é extremamente importante para que você entenda como deverá ser a sua comunicação (e em quais veículos é mais ou menos interessante investir).

Mesmo quem está começando, normalmente possui um perfil de paciente ideal, de acordo com a sua especialização ou com os tipos de tratamentos que oferece.

Assim, converse com essas pessoas e defina as informações básicas sobre elas, como:

  • renda e faixa etária;
  • veículos de comunicação que mais usam (internet, TV, rádio, etc.);
  • o que consideram na hora de definir pela escolha do dentista;
  • entre outros pontos.

A partir dessa análise, você poderá, por exemplo, entender se é mais vantajoso investir em publicidade no Facebook ou no Instagram, ou ainda se o seu público prefere por itens de comunicação off-line, como panfletos ou veiculações no rádio.

Invista no marketing digital

O marketing digital é uma maneira mais econômica de conseguir disseminar a sua marca. Isso porque, com essas ferramentas, é possível metrificar exatamente o quanto de resultado os seus investimentos tem trazido.

De posse dos dados acima, invista nas redes sociais que seus possíveis pacientes mais usam, criando conteúdos interessantes para essas pessoas. Ou seja, ao invés de apenas falar sobre seus diferenciais, informe os seus seguidores, tirando dúvidas comuns como: possíveis causas para dor de dente, como funciona o clareamento, de que forma evitar a cárie e assim por diante.

Além disso, vale à pena investir em um site estruturado e responsivo, que facilite o ranqueamento nos sites de busca, como o Google, e também em campanhas de e-mail marketing, dando ainda mais profissionalismo à sua marca.

Trabalhe também o marketing off-line

É claro que o universo digital é importante, mas entre as dicas para dentistas iniciantes está, também, investir nos meios tradicionais. Os cartões de visita e panfletos, por exemplo, são ótimas maneiras de divulgar o seu consultório, porque podem ser deixados em locais estratégicos, atraindo a atenção das pessoas.

Para isso, não se esqueça da importância de passar uma imagem profissional do seu negócio, investindo na criação de um logotipo personalizado e que esteja em sintonia com os serviços que você oferece e também com o seu público-alvo.

Essa identidade visual, inclusive, precisa ser usada em todas as suas comunicações (tanto off-line, como online) e ainda na sua fachada, na decoração do consultório, nos uniformes dos colaboradores, no receituário, entre outros, ajudando a reforçar a imagem do seu consultório.

Foque no ótimo atendimento

Campanhas de publicidade e de marketing são importantes, mas o que faz com que os pacientes retornem e indiquem os seus serviços é o atendimento que você presta.

Então, foque em melhorar a experiência dessas pessoas com o seu consultório. Isso significa: uma decoração agradável, uma sala de recepção confortável, evitar atrasos nos horários das consultas, ser cordial, se colocar no lugar do paciente e tratar a todos com atenção e respeito.

Um bom pós-atendimento também é essencial, fazendo com que o paciente sinta-se especial e valorizado. Por isso, separe um horário na sua agenda para telefonar ou enviar mensagem aos seus pacientes, buscando saber como está o tratamento, se eles têm alguma dúvida ou ainda para avisar de novas promoções do consultório, por exemplo.

Crie um programa de indicações

Pacientes fiéis são ótimos propagandistas dos consultórios. Por isso, uma dica para dentistas iniciantes é trabalhar muito bem com os pacientes que você já possui, incentivando que eles indiquem o seu consultório para outras pessoas.

É claro que, para isso funcionar, é primordial que esses indivíduos estejam satisfeitos com o serviço que você presta. Além disso, é possível oferecer vantagens para quem lhe indicar, como descontos nos tratamentos ou até brindes e outros tipos de benefícios.

Trabalhe com convênios

No início da carreira, muitos dentistas sentem-se em dúvida se devem ou não atender pelos convênios. Embora o valor por consulta seja menor que no particular, a grande vantagem é que você conseguirá atrair muitos pacientes, o que é importante para quem está começando.

Conforme o seu nome for ficando conhecido, é possível deixar de atender alguns convênios que são menos lucrativos, até trabalhar exclusivamente de maneira particular, afinal, você já terá uma rede sólida de pacientes e mais experiência.

Lembre-se, ainda, de aproveitar essa oportunidade para atender os pacientes com qualidade superior. Assim, mesmo que você saia do convênio, essas pessoas continuarão a acompanhar o seu trabalho e a lhe indicar para outros conhecidos.

Faça parcerias

Pense nas possibilidades próximas de você. Existe alguma empresa perto do seu consultório? Converse com o RH e ofereça condições especiais para os funcionários. Ou ainda use essa técnica com comércios locais, sindicatos, escolas e outros estabelecimentos.

Dessa forma, você conseguirá atrair mais pacientes, que conhecerão o seu trabalho e poderão lhe indicar para mais pessoas.

Além dessas, existem outras dicas para dentistas iniciantes como: participar de congressos e feiras (já que os profissionais da área também podem lhe indicar novos pacientes), dar palestras ao público e criar um relacionamento com os jornalistas da sua região.

Com essas dicas para dentistas iniciantes, ficou mais fácil conseguir os primeiros pacientes? Aproveite e compartilhe o nosso post em suas redes sociais!